Tudo sobre Tóquio: como chegar, o que fazer e roteiro completo

Tudo sobre Tóquio: como chegar, o que fazer e roteiro completo

Saiba o tudo sobre Tóquio, esta cidade imensa e encantadora, a capital do Japão. Neste post vamos detalhar o máximo de informações para que você possa conhecer os principais pontos turísticos de Tóquio em 3, 4 e 5 dias e se aventurar pela cultura japonesa.

Tóquio é a maior metrópole do mundo! Isso mesmo! A capital do Japão tem uma população de mais de 37 milhões de habitantes com a maior densidade de pessoas por km² do planeta. Mas porque essa informação é importante aqui? Porque é importante você saber que Tóquio é uma cidade populosa e seus pontos turísticos são sempre muito cheios.

A arquitetura de Tóquio mistura estilos modernos com o minimalismo típico e cultural japonês. Nas ruas você vê pessoas de todos os tipos, muitas cores, cruzamentos de rua gigantescos e tecnologia que só tem no Japão!

Aqui você vai encontrar informações de como chegar em Tóquio, o que fazer em Tóquio em 3, 4 e 5 dias e onde ficar em Tóquio.

Você pode ir direito ao ponto que deseja, é só clicar em:

Tenha todas as informações sobre sua viagem em um só lugar! Criamos vários roteiros exclusivos para deixar sua viagem ainda mais perfeita e sem perrengues. Clique nesse LINK e saiba mais.

Como chegar em Tóquio?

Tóquio, a capital japonesa e sua imensa área metropolitana é uma das maiores cidade do mundo. Tóquio está localizada na ilha de Honsu e a melhor forma de se chegar até lá é de avião.

Chegamos em Tóquio através de um voo da Emirates que saiu do Aeroporto Internacional de Manila nas Filipinas. Estávamos nas Filipinas antes de ir para o Japão e ao chegar em Tóquio desembarcamos no Aeroporto de Narita. Saiba tudo sobre nossa viagem para as Filipinas aqui!

toquio japao
Realizando o sonho de conhecer Tóquio!

Tóquio possui dois aeroportos: o Aeroporto de Narita e o Aeroporto de Haneda. O aeroporto de Haneda está mais próximo do centro de Tóquio, distante apenas 20 km de Shinjuku, um dos bairros mais movimentados de Tóquio. Apesar da distância pequena da cidade, esse aeroporto recebe em sua maioria voos domésticos e é hub de algumas companhias aéreas japonesas.

O aeroporto de Narita é o aeroporto que recebe a maior parte dos voos internacionais. Ele está localizado a cerca de 70 km do centro de Tóquio, mas especificamente do bairro de Shinjuku e caso você voe do Brasil para o Japão, provavelmente será o aeroporto em que você irá desembarcar.

Abaixo segue a lista de companhias aéreas que voam do Brasil para o Japão (com escalas em seus respectivos hubs):

Air France, British Airways, Latam, Delta, Iberia, Emirates, Air China, Turkish Airlines, American Airlines, KLM, Swiss, Lufthansa, Alitalia, Aeromexico, United, Qatar Airways, Eithiopian Airlines, ANA (via TAP) e Air Canada.

Como sair do aeroporto de Narita para se chegar ao centro de Tóquio:

  • Taxi: não recomendo pegar taxi para se sair do aeroporto de Narita ao centro de Tóquio devido aos altos valores. É muito caro andar de taxi no Japão, e não vale a pena já que o serviço de transporte público é excelente!
  • Ônibus do tipo executivo: são ônibus executivos chamados de Limousinebus, que fazem o trajeto do aeroporto de Narita até o centro de Tóquio. Os preços são bem melhores que o taxi, e tem a comodidade de ter um bagageiro para deixar suas malas. Caso queiram ver os preços e horários desse ônibus, é só clicar AQUI.
  • Trem: essa foi a alternativa que utilizamos. O serviço de trens no Japão é incrível, e é muito fácil de utilizar. Como já tínhamos adquirido o JR Pass do Brasil, aproveitamos e pegamos um trem que era incluso nesse passe. Fizemos uma explicação do JR Pass nesse post AQUI. Caso você não tenha o JR Pass não tem problema, pois tem outras inúmeras opções de trens.

Algumas pessoas podem achar inconveniente utilizar os trens por causa das bagagens. No Japão isso não é problema, já que você pode enviar sua bagagem do aeroporto direto para o hotel. Geralmente as bagagens chegam no dia seguinte, então é bom ficar com uma mala de mão para os principais itens. Expliquei tudinho sobre esse sistema fantástico de despache de malas no Japão nesse post AQUI.

Dica importante: O seguro de viagens não é obrigatório para viajar para o Japão. No entanto, acreditamos ser importantíssimo e recomendamos para todos os viajantes. Não deixe de fazer o seu seguro, pois ele pode ser muito útil no caso de algum acidente ou extravio de malas por exemplo. Nós sempre fazemos nosso seguro de viagem com este SITE, eles tem ótimos preços, são de confiança e quando precisamos usar tivemos atendimento por telefone em Português (mesmo fora do Brasil). É a melhor forma de se resguardar no caso de algum imprevisto. Confira as coberturas disponíveis para o Japão.

O que fazer em Tóquio em 3, 4 e 5 dias

DIA 1: ATRAÇÕES TURÍSTICAS VISITADAS NO NOSSO PRIMEIRO DIA EM TÓQUIO

Começamos o nosso dia bem cedo, pois queríamos explorar ao máximo a capital japonesa. Tóquio é incrível, cheia de luzes, movimentada, a personificação de tudo que imaginamos quando pensamos no Japão. Poderia ficar horas passeando pelo centro, andando pelas ruas movimentadas de Shinjuku. No nosso primeiro dia por lá, visitamos:

  • Templo Sensoji
  • Tóquio Skytree
  • Parque Ueno
  • Tóquio Station e Ramén Street
  • Akibahara
  • Passeio por Ginza

Vamos detalhar para vocês o que vimos por lá!

Templo Sensoji

O famoso templo Sensoji é um dos mais visitados do Japão. Ao visitar o templo, consegue-se sentir uma paz e uma tranquilidade em face à agitada e movimentada Tóquio. É o templo budista mais antigo e mais popular de Tóquio e está localizado no bairro de Asakusa.

O templo foi construído para abrigar a estátua da deusa da misericórdia (Kannon) e ficou famoso por ter resistido bem aos bombardeios da Segunda Guerra Mundial. Ao redor do templo há muitas lojinhas de souvenir e barraquinhas de comida. Perca um tempo por lá!

A entrada é grátuita e o templo funciona diariamente, das 06:30 h às 17:00h.

Templo Sensoji em Tóquio
Templo Sensoji em Tóquio
Tokyo Skytree

A torre Tokyo Skytree está localizada no bairro de Asakusa (próxima ao tempo Sensoji), e fomos do templo até a torre a pé, caminhando às margens do rio Sumida. Trata-se da torre de radiofusão mais alta do mundo!

A subida na Tokyo Skytree vale muito a pena! A vista é incrível! Conseguimos ver o Monte Fuji e toda a Tóquio do alto!

Toquio Skytree
Tóquio Skytree

Fomos no inverno e não pegamos muita fila para entrar, mas já ouvi dizer que no verão as filas são maiores. Caso queiram garantir o seu ingresso com antecedência é só clicar AQUI.

Para quem quiser aproveitar a visita para almoçar ou jantar, há algumas opções de restaurantes na torre.

Dica importante: Uma forma de economizar tempo nas filas dos monumentos históricos é adquirindo seu ingresso com antecedência. Nós sempre compramos nossos ingressos neste site AQUI e recomendamos sempre a todos que comprem as entradas das atrações antecipadamente. Dessa maneira você economiza tempo nas filas de ingressos e pode aproveitar com calma a sua viagem.

Parque Ueno

É incrível pensar que uma cidade urbanizada feito Tóquio, possui um parque gigante, todo arborizado e muito gostoso de se passear como o Parque Ueno.

Ao redor do parque Ueno estão localizados vários museus como o Museu Nacional de Tóquio (mais antigo museu do Japão e reúne um acervo de arte japonesa), o Museu Nacional de Arte Ocidental (reúne obras de vários artistas ocidentais), o Museu Nacional de Ciências Naturais, além do Zoológico Ueno.

Parque Ueno em Tóquio
Parque Ueno

Infelizmente, devido ao pouco tempo que tínhamos na cidade não visitamos nenhum desses museus, mas em uma próxima ida a Tóquio com certeza entrará na nossa programação.

Vale muito a pena gastar um tempo caminhando por esse delicioso parque.

Tóquio Station e Ramén Street

A Tóquio Station é a maior estação de metrô de Tóquio. Trata-se de uma verdadeira cidade subterrânea, cheia de lojas de roupas, lojas de doces, restaurantes e muito mais. É possível ficar horas e horas passeando pela Tóquio Station. É lá que está a famosa Ramén Street.

Ramen em Toquio
Ramen, quem mais ama?

A Ramén Street é uma rua de restaurantes especializados em ramén (refeição tradicional japonesa, sopa com macarrão carne, ovo, algas, etc) localizada dentro da Tóquio Station.

Nessa rua estão os restaurantes de ramén mais famosos de Tóquio! Tem até restaurante com estrela Michelin (Rokurinsha). Para provar o ramén, você compra pela maquininha e aguarda em uma fila até ter um lugar vago! As filas costumam demorar um pouco, mas vale a pena esperar e provar essa delícia!

Maquininha para comprar Ramen
Maquininha para comprar Ramen
Akibahara

O bairro de Akibahara é famoso por ter várias lojas de eletrônicos a preços mais reduzidos. Foi lá que comprei o meu famoso “robô” para limpar a casa! Achei o preço muito bom mesmo!

Akibahara em Tóquio
Felicidade com meu robô em Tóquio

No bairro de Akibahara também são encontrados os famosos “maid cafés“: café que serve bebidas e sobremesas e as garçonetes ficam fantasiadas.

Passeio por Ginza

Ginza é um bairro bastante elegante em Tóquio, com várias lojas de marcas famosas e lojas de departamento!

Aproveite para jantar em um dos andares superiores de algumas dessas lojas de departamento! Há muitos restaurantes deliciosos por lá! Comemos uma carne de wagyu a milanesa em um deles que estava incrível!

DIA 2: ATRAÇÕES TURÍSTICAS VISITADAS NO NOSSO SEGUNDO DIA EM TÓQUIO

No nosso segundo dia em Tóquio aproveitamos para conhecer:

  • Mercado de Peixes Tsukiji Fish Market
  • Visitamos os Jardins do Palácio Imperial
  • Passeio pela avenida Omotesando
  • Passeio por Shinjuku
Tsukiji Fish Market

Tsukiji Fish Market é o famoso mercado de peixes de Tóquio. Para os amantes de peixe cru, como eu e meu marido, essa é uma parada obrigatória! O importante é chegar cedo para comer o peixe bem fresquinho. Provem o atum toro, é simplesmente maravilhoso!

Caso queiram acompanhar os leilões de peixe que ocorrem de segunda a sábado no mercado e onde a estrela principal é o atum o ideal é chegar por volta de 3h e 4 h da manhã para fazer o registro. Os leilões começam por volta das 6 h da manhã mas só são distribuídas 120 senhas.

Mercado de Peixe em Tóquio
Mercado de Peixe em Tóquio

Nós não animamos acordar cedo assim para assistir ao leilão. Chegamos por volta das 08 h no mercado e tomamos um café da manhã regado a atum fresquinho. Adorei!

Ao lado do Tsukiji Fish Market, fomos conhecer o famoso restaurante Sushi Zanmai, e recomendo de olhos fechados! O peixe estava sensacional! Comemos um combinado de atum e foi o melhor peixe cru que já comi!

Sushi Zanmai em Tóquio
Servidos?
Passear pelos jardins do Palácio Imperial

O Palácio Imperial de Tóquio é a residência do imperador japonês. Não é possível visitar o interior do palácio, mas passear pelos seus jardins é uma boa opção para curtir o ar livre, em um espaço gramado super agradável.

Fiquem atentos pois os jardins ficam fechados às segundas e sextas-feiras! A entrada é gratuita!

Palacio Imperial Toquio
Pelos jardins do Palácio Imperial
Passear pela Avenida Omotesando

A avenida Omotesando é uma avenida deliciosa em Tóquio, toda arborizada e onde estão localizadas muitas lojas de grifes de luxo, cafés modernos, escritórios de design. A avenida se tornou o point da moda moderna de luxo japonesa.

Avenida Omotesando em Tóquio
Avenida Omotesando em Tóquio

Uma loja que me chamou bem a atenção nessa avenida foi a loja da Prada com sua arquitetura belíssima!

Passeio por Shinjuku

Finalizamos o nosso segundo dia em Tóquio passeando pelo badalado bairro de Shinjuku. Esse foi o bairro em que nos hospedamos.

O bairro de Shinjuku é a personificação de tudo que imaginamos quando pensamos em Japão, com muitas lojas, muito movimento na rua, muitas luzes e restaurantes. A vida noturna em Shinjuku é bem movimentada também.

Escolha um isakaya (nome que os japoneses dão para “bar”) e aproveite para se deliciar com alguma maravilha da gastronomia japonesa acompanhada de uma cerveja Kirin. Essa foi a nossa pedida: guioza, lulas com brócolis e tomate bebendo Kirin no isakaya.

DIA 3: ATRAÇÕES TURÍSTICAS VISITADAS NO NOSSO TERCEIRO DIA EM TÓQUIO

No nosso terceiro dia em Tóquio visitamos:

  • Cruzamento mais movimentado do mundo em Shibuya e passeio pelo bairro
  • Almoço na Ramén Street
  • Passeio por Harajuku
Cruzamento mais movimentado do mundo em Shibuya

Acredito que todo mundo que visita Tóquio quer conhecer o cruzamento mais movimentado do mundo! É realmente impressionante ver aquele tanto de gente atravessando a rua ao mesmo tempo. São 8 semáforos em um cruzamento, e nos horários de pico de chegada e saída do pessoal do trabalho ele fica realmente lotado! Para mim essa é uma para imperdível em Tóquio!

Shibuya Toquio
No cruzamento mais movimentado do mundo!

Aproveite para passear pelo bairro de Shibuya também, uma das melhores opções para se hospedar em Tóquio, cheio de lojas, restaurantes e hotéis.

Almoço na Ramén Street

Nós gostamos tanto de almoçar na Ramén Street que tivemos que repetir o passeio, rsrs. Definitivamente, comemos o melhor ramén de nossas vidas lá! Não deixem de conhecer e experimentar. Como contamos aqui a rua é tão famosa que na Ramén Street tem restaurante estrela Michelin!

Passeio por Harajuku

Harajuku é a região de Tóquio famosa por ser o polo da cultura pop japonesa. Por lá são encontrados aqueles adolescentes super fantasiados de personagens de ficção, animes, cabelos pintados, roupas e acessórios coloridos entre outros. Para ver os estudantes fantasiados o ideal é visitar a região nos finais de semana, principalmente aos domingos. Fomos em um dia de semana e não vimos muitos deles por lá.

A região é muito divertida. Vale a pena passar algumas horas por lá! Aproveitem e provem os famosos crepes da Marion Crepes, uma delícia!

Harajuku em Tóquio
Provando o famoso crepe da Marion Crepes

DIA 4: ATRAÇÕES TURÍSTICAS SUGERIDAS PARA UM QUARTO DIA EM TÓQUIO

Para um quarto dia de viagem em Tóquio, a nossa sugestão é visitar o Museu Nacional de Tóquio que não tivemos tempo de visitar, fazer um passeio de barco para Odaiba e passear pelo Bairro de Roppongi e ainda fazer um tour guiado de kart pela cidade.

  • O Museu Nacional de Tóquio é o museu mais antigo do Japão e abriga um acervo enorme de arte japonesa. É uma ótima forma de adentrar ainda mais a fundo na cultura japonesa e aprender sobre esse país tão diferente do nosso Brasil.
  • Odaiba é uma ilha artificial bem próxima de Tóquio, que vive cheia de jovens que buscam sua deliciosa área a beira mar para passear por seus parques e até mesmo comer em alguns de seus restaurantes. É lá que está a versão em miniatura da Estátua da Liberdade japonesa. O passeio de barco para Odaiba sai de Asakusa e os ingressos podem ser adquiridos nesse site AQUI.
  • O bairro de Roppongi é um bairro cheio de jovens, moderno e é onde estão concentrados a maior parte dos karaokês de Tóquio. Infelizmente não fui em nenhum karaokê, mas quando voltar a Tóquio irei em um com toda certeza! Nesse bairro também tem o observatório da Tokyo City View de onde é possível se ter uma bela vista de toda Tóquio e o parque urbano Tokyo City Center.
  • O tour guiado de kart por Tóquio é muito famoso. Você vai fantasiado, e dirige um kart pela cidade. Eu vi vários carros passeando pela cidade e fiquei com muita vontade de fazer esse programa. Ingressos para o tour de kart podem ser adquiridos AQUI.

DIA 5: ATRAÇÕES TURÍSTICAS SUGERIDAS PARA UM QUINTO DIA EM TÓQUIO

Se eu tivesse ainda um quinto dia em Tóquio, visitaria a Disney japonesa conhecida como Tokyo Disneyland Resort. O complexo possui dois parques temáticos, o Tokyo Disneyland e o Tokyo DisneySea, além de um centro de compras e entretenimento.

Onde hospedar em Tóquio?

Tóquio é uma cidade grande, e a escolha de onde se hospedar pode ser uma decisão difícil, pois dependendo de onde ficar você pode demorar muito para conhecer determinados pontos turísticos.

Os melhores bairros para se hospedar na minha opinião são os bairros de Shinjuku e Shibuya. Eles são bairros centrais, movimentados com uma grande variedade de hotéis, restaurantes, lojas e ficam localizados próximos ao metrô, o que facilita muito o deslocamento na cidade.

Hospedar em Tóquio não é barato, e recomendo avaliar bem o tamanho dos quartos antes de fechar algum hotel. Já ouvi relatos de pessoas que ficaram em quartos extremamente pequenos, em que mal cabiam as malas.

Na minha viagem me hospedei duas vezes em Tóquio, uma no início e outra no fim do passeio. Os dois hotéis foram muito bons, ambos localizados em Shinjuku.

Nossa hospedagem

O primeiro hotel foi o Gracery Shinjuku. A localização foi excelente. Os quartos eram pequenos, mas confortáveis. Tinham duas opções de café da manhã: ocidental e oriental! O ocidental foi aprovadíssimo! Adoramos!

O segundo hotel em que nos hospedamos em Tóquio foi o Hilton Shinjuku. Hotel excelente, com quartos maiores e mais confortáveis que o Gracery Shinjuku, no entanto, prefiro a localização do Gracery. O café da manhã era simplesmente sensacional!

Para mais opções de hotéis em Shinjuku, Shibuya e Tóquio em geral é só acessar o Booking.com. A plataforma mostra vários tipos de hotéis, com fotos, avaliações dos hóspedes e valores e achamos a melhor ferramenta para se pesquisar hospedagens!

ROTEIRO PERSONALIZADO

Você sabia que o Me Leva Mundo é especializado em elaborar roteiros personalizados? Exatamente! Temos experiência na elaboração de vários roteiros personalizados, e caso queira tornar a sua viagem uma experiência única, com o passo a passo do que fazer, como se deslocar pelo Japão e onde se hospedar no Japão é só entrar em contato com a gente através do [email protected] ou do nosso Instagram @melevamundo.

Gostaram do post? Comente aqui ou no nosso Instagram e não deixe de acompanhar nossas viagens em tempo real através do @melevamundo

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mídias
Depoimentos
Newsletter

Assine nossa newsletter e receba as dicas do Me Leva Mundo por email! Cadastre-se já!

Somos Manu e Rafa, duas amigas que adoram viajar e finalmente tiraram do papel a ideia de compartilhar suas experiências.